Ítalo Ferreira: “Todos os dias eu orei às 3h da manhã, pedindo a Deus que realizasse meu sonho”

Brasileiro ganhou primeira medalha de ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

O Brasil amanheceu dourado pela vitória do surfista Ítalo Ferreira. Na madrugada desta terça-feira (27), ele conquistou a medalha de ouro na estreia do surfe em Jogos Olímpicos. Esta é a primeira medalha de ouro do Brasil na modalidade e nas Olimpíadas de Tóquio, a vitória ocorreu sobre o japonês  Kanoa Igarashi que ficou com a prata. 

Ítalo Ferreira tem 27 anos, é natural de Baía Formosa, no Rio Grande do Norte, e sua conquista é cercada por uma disputa emocionante: com uma prancha quebrada antes da prova e trocada as pressas, e, quando viajavam até o Japão, com suas pranchas extraviadas na conexão em Paris. Haja, emoções!

Dados da final, na praia de Tsurigasaki, mostram a vantagem com que o surfista brasileiro venceu. Ítalo Ferreira coroou a bela campanha na competição e o placar deixou clara sua superioridade: 15,14 a 6,60. O surfista brasileiro chegou em Tóquio como um dos favoritos, segundo colocado do ranking da WSL (World Surf League), a classificação mundial dos maiores desse esporte. 

O surfista que teve um começo humilde, e surfou até na tampa do isopor que seu pai vendia peixes, quando criança, mostra uma longa trajetória cercada de batalhas e dedicação. Treinamento pesado, incentivos e horas dedicadas ao esporte, sem dúvida fizeram parte da trajetória vitoriosa do “surfista dourado”. 

As palavras ditas por Ítalo à TV Globo, após a conquista, esboçam que a fé em Deus, foi um dos ingredientes para chegar no lugar mais alto do pódio.  “Eu vim com uma frase para o Japão: ‘Diz amém que o ouro vem’.” E acrescentou homenageando a avó, falecida, e os parentes ao seu redor. “Todos os dias eu orei às 3h da manhã, pedindo a Deus que realizasse meu sonho”, revelou. 

O exemplo da vitória de Ítalo Ferreira, de seus referenciais e de sua menção a fé em Deus, traz à memória, que no terreno da espiritualidade, não há vitória sem luta, na oração. Como Paulo afirmou aos colossenses: Gostaria, pois, que soubésseis quão grande luta venho mantendo por vós, pelos laodicenses e por quantos não me viram face a face (Cl 2:1). Sabe-se que essa luta era mantida pelo apóstolo ao interceder pelos cristãos. 

A oração feita com fé a Deus é a confiança de que Ele governa a totalidade da vida e de quão dependente se é de sua graça. Apesar de não existir um horário especial de oração, a Bíblia mostra personagens que escolheram a madrugada para estar na presença de Deus, como Ítalo em testemunho confessou. 

Jó. Orava pelos filhos nas madrugadas, caso tivessem eles cometidos pecados contra Deus (1:5). Davi. O rei de Israel, escolheu em algumas ocasiões esta hora para buscar ao Senhor, como ele contou nos Salmos 63:1. Hemã. Que poeticamente fala de buscar e enviar sua oração a Deus nos Salmos 88:13. E o maior de todos, Jesus. O evangelista Mateus faz o registro: Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava (Mt 1:35). 

O ouro de Ítalo começou a ser conquistado, desde criança, com diversos treinos e investimentos. Mas, passa pelo quarto em oração, na madrugada. A fé no Senhor garante muitas bênçãos quando se coloca de joelhos diante do Galardoador dos que o buscam. 

Por: Ministério de Comunicação. 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x