Mais amor pelos filhos e filhas de pastores

Uma esposa de pastor ouvindo umas criticas ácidas e irônicas porque uma de suas filhas estava sem frequentar “a igreja” por meses e também estava namorando um rapaz de fora da igreja, desabafou:
“Eu gostaria que as pessoas compreendessem que nós ensinamos aos nossos filhos a fazer boas escolhas, mas, às vezes, eles não as fazem.”
Filhos de pastores e líderes – e os filhos de qualquer mortal – nunca serão perfeitos. Exigir que um filho de pastor seja “pregador”, “cantor”, “do ministério” é fazer uma pressão que o Eterno não faz.
Piadas sobre filhos do pastor e de líderes espirituais deviam ser evitadas a todo custo. A bondade cabe em todo lugar. Filhos de pastor não devem ser tratados pelo próprio pastor como se não fossem sujeitos às mesmas falhas e orientações de qualquer pessoa e precisam de orientação e disciplina bíblica.
Filhos de pastor devem aprender a caminhar na fé, assim como os filhos de qualquer outra pessoa. Filhos criados “na igreja” ou de fora da igreja precisam de incentivo, orações e amor para tomarem a decisão por Cristo e permanecerem seguindo a Cristo. Isto também é estender graça às famílias.
Pr. Jeremias Pereira  @prjeremiaspereira
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x