Pr. Irgledson Galvão: “A igreja atravessa a pandemia vitoriosa”. Confira a entrevista com o Diretor Financeiro da Convenção Geral

Pr. Irgledson Irvirson Galvão, em entrevista ao Promessistas.org, fala como a igreja atravessa este momento caótico.

O Brasil vive um dos momentos mais ferrenhos da pandemia, com altos números de mortes e internações por Covid-19. Diante da necessidade de medidas de distanciamento social, para a diminuição de contaminação, um dos setores que mais sofreram foi a economia: perdas de empregos, famílias passando por dificuldades para garantir o pão de cada dia.

Porém, nesse cenário de sofrimento e incertezas, de queda na renda das famílias e impacto direto nas igrejas locais, o Diretor Financeiro da Convenção Geral das Igrejas Adventistas da Promessa, Pr. Irgledson Irvirson Galvão, em entrevista ao Promessistas.org, fala como a igreja atravessa este momento caótico. Segundo ele, “a devolução de dízimos, no Brasil, caiu apenas 5% em relação a 2019, antes da pandemia e consequente crise”.

Mas os milagres não param por aí: uma rede de conexão motivada pelo amor de Cristo mobilizou a instituição e as igrejas locais. Isso porque “está havendo um movimento solidário nas convenções: os pastores têm se mobilizado para atender os irmãos de forma integral”.

A crise financeira gerada pela pandemia está no centro da entrevista com o Pr. Irgledson, que enxerga no sofrimento e na crise que se abate sobre o mundo um momento de demonstração de fé e fidelidade ao Senhor: “os momentos de crise são oportunidade para a fé se sobressair, diante daquilo que se vê, e a fé vai fazer o cristão andar”. Confira, a seguir, a entrevista completa:

Promessistas.org: Sabemos que a pandemia causou mortes, internações e sequelas por causa da Covid-19, mas muitas outras crises; entre elas, a financeira. Como a instituição atravessa esse cenário? 

Pr. Irgledson Galvão: “A Igreja Adventista da Promessa está no segundo ano de crise, devido à pandemia, por dois fatores: o primeiro é o fechamento das igrejas; o segundo é o desemprego das pessoas autônomas e das celetistas (CLT), que são impedidas de dizimar por isso. Contudo, a Igreja Adventista da Promessa mostrou-se uma igreja consolidada, com um discipulado bíblico profundo, pois, nesse período, a devolução de dízimos, no Brasil, caiu apenas 5% em relação a 2019, antes  da pandemia e consequente crise.

Isso significa dizer que os irmãos e as irmãs se mantiveram fiéis na devolução desses recursos, mesmo com as igrejas fechadas, mesmo eles tendo que fazer a devolução de dízimos e ofertas em casa, por meios eletrônicos, muitas vezes, difíceis de serem usados pelos mais idosos (que precisam da ajuda de filhos e netos). Podemos dizer que a igreja atravessa esse cenário vitoriosa, para a glória de Deus!

Promessistas.org: Em sua visão, como não perder a fé, quando as portas se fecham e a necessidade chega para muitas famílias, como agora, na pandemia, para muitas famílias?

Pr. Irgledson Galvão:A fé vem pelo ouvir e ouvir pela Palavra de Deus (Rm 10:17). A única maneira de fortalecer, alimentar, consolidar e nutrir a fé é ler a Bíblia, se alimentar diariamente da Palavra do Senhor, buscar respostas na Palavra de Deus, enraizar a vida nos ensinamentos bíblicos. Se fazemos isso, mesmo no sofrimento, a nossa fé aumenta de uma forma mais vívida e eficaz. Não à toa, Davi escreveu os melhores Salmos quando estava no deserto e se perdeu quando estava no palácio. Então, os momentos de crise são oportunidade para a fé se sobressair, diante daquilo que se vê, e a fé vai fazer o cristão andar. Para não perder a fé na crise: leitura bíblica, santidade, vida devocional e vida com Deus”.

Promessistas.org: A igreja tem agido para assistir seus necessitados? Como está o exercício da solidariedade no meio promessista, na pandemia?

Pr. Irgledson Galvão: “A Igreja Adventista da Promessa é uma igreja em família. Cresceu em torno de família e amigos; então, lançou vários projetos solidários de ajuda financeira, cestas básicas… houve e está havendo um movimento solidário nas convenções: os pastores têm se mobilizado para atender os irmãos de forma integral. Como nós somos uma rede de pessoas conectadas pelo amor em Cristo Jesus, temos nos mostrado solidários, ativos e participativos na ação social”.

Promessistas.org: Quais as dicas para manter a fidelidade a Deus e suprir as necessidades familiares e pessoais, mesmo no cenário crítico econômico em que estamos?

Pr. Irgledson Galvão:O primeiro princípio bíblico é: amarás ao Senhor acima de todas as coisas. Digo isto por experiência pessoal: em momentos de crise financeira, a fidelidade a Deus, a vida de santidade, a confiança em Deus, a oração devem ser mantidas. Mesmo no cenário mais difícil, ele é o Deus que sustenta, o Jeová Jireh, o Deus provedor! Então, não confie em dinheiro, não confie em patrão; confie em Deus, que supre todas as nossas necessidades. Ele faz coisas gloriosas para aqueles que ama e que andam em sua presença. Ele faz coisas inexplicáveis na nossa vida”.

Promessistas.org: Qual postura temos que ter, mesmo que as finanças não andem tão bem quanto esperávamos e as consequências da pandemia nos alcancem?

Pr. Irgledson Galvão: “A postura que precisamos ter, mesmo que as finanças caiam, mesmo que a pandemia avance, que a doença chegue, que o sofrimento bata à porta, é de integridade e fidelidade a Deus. E não é que não vá doer, ou não vá ter sofrimento, pois Deus não nos livra do sofrimento especificamente. Às vezes, Ele traz a maturidade. Isso é necessário e por vezes, pedagógico. Mas Ele estará conosco, como foi sua promessa, todos os dias, até a consumação dos séculos (Mt 28:20). Temos que nos manter firmes na presença do Senhor, não importa o que seja: se doença ou problema financeiro, ‘Por nós Jesus está!’, como diz Lutero. Mantenha firme a sua fé, porque, naquele grande dia, ao ressoar da última trombeta, Ele aparecerá nos céus, com poder e grande glória. Seremos transformados e, com vestes brancas e palmas nas mãos, cantaremos o hino da vitória. Não haverá mais lágrimas, dor, sofrimentos. Em nome de Jesus, se mantenha firme!”.

Sobre o entrevistado | Pr. Irgledson Irvison Galvão

VIDA MINISTERIAL: Foi pastor em Campina Grande (PB); Vivência (PE), Timbaúba (PE), Caruaru (PE), Malhada de Pedra (PE), e Santa Maria da Boa Vista (PE); Ilha Várzea, Abaré, Fazenda Nova e Natal (RN); Quito (Equador); Blumenau e Gaspar (SC);  Alvorada (RS); Edu Chaves, São Paulo (SP); Jardim Aeroporto, Campinas (SP); Jardim Maracanã, Sumaré (SP); Vila Rio de Janeiro, Guarulhos (SP).

VIDA ACADÊMICA: 1993 – Bacharel em Teologia PENIEL; 2003 – Pós Graduado em Gestão de Negócios pela UNICID; 2013 – Pós Graduado em Plantação e Revitalização de Igrejas pelo SPS.

Por: Ministério de Comunicação

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x