De bem com a família: Um Casamento Feliz!

Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne. (Gênesis 2:24)
Ah, o amor! Como é lindo quando duas pessoas se apaixonam e decidem viver juntas seus mais lindos sonhos e planos, resolvem se casar e construir uma família.
Ok, convenhamos, não é tão fácil assim pessoas completamente diferentes dividirem a vida como se uma só pessoa fossem. Então surgem as divergências, as chateações, e, com a crescente banalização do casamento, cada vez mais famílias vêm sendo desfeitas em nome do “o importante é ser feliz!” Muitos não se casam mais para dividir uma vida inteira juntos, mas apenas enquanto a paixão ou a tal felicidade durar. Pelo individualismo, não se alimenta mais o amor, o desejo de estar junto, o “nós”.
O casamento é um projeto criado e abençoado por Deus, desde o princípio (Gênesis 2:24). Fazia parte do plano da criação e o desejo de Deus é que dure até o fim dessa vida (Marcos 10:9). Por isso, a Bíblia nos orienta sobre como viver um casamento verdadeiramente feliz, exortando quanto ao amor, cuidado e respeito mútuos (Efésios 5;21-26).
Para que se viva um casamento feliz, é preciso buscar sabedoria e direção de Deus, mas também é preciso ceder, dialogar. Portanto:
1. Peça perdão quando errar, ainda que não seja proposital, mas preste atenção no sentimento da pessoa que você ama para não magoá-la;
2. aja com sinceridade quanto aos sentimentos, diga quando estiver com o coração magoado e o que o machucou. Não alimente mágoa, é possível colocá-la para fora sem brigas, basta uma conversa calma e sincera. Lembre-se “quando um não quer, dois não brigam”;
3. esforce-se para fazer quem você ama feliz, isso traz reciprocidade, e consequentemente você também será feliz.
Claro que haverá divergências entre duas pessoas que compartilham a vida juntas, mas quando Cristo faz parte dessa vida e ambos buscam juntos a benção e direção dele, tudo caminha conforme o criador projetou. Que Deus abençoe e seja o centro do seu casamento!
Por: Ministério de Mulheres Geral
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x