Qual a importância de relembrar a história do Pr. João Augusto da Silveira?

Relembrar a “Tarde da Promessa cumprida” (24 de janeiro de 1932), é trazer à memória, não o heroísmo do ser humano, mas a dependência do servo, que fez tudo, pelo poder de Deus. 

Talvez alguns promessistas possam se perguntar: Qual a importância de relembrar a história do Pr. João Augusto da Silveira? Qual a relevância do que aconteceu com o pioneiro, que saiu de sua denominação de origem, em 1928, devido a crença do batismo no Espírito Santo, com ênfase nas línguas estranhas, e esperar, cerca de 4 anos, até receber a Promessa do Pai, em 24 de janeiro de 1932? 

Há muitas reflexões a se fazer, e 91 anos depois, essa história só continua viva, por ela não ser uma história, apenas sobre o homem, mas sobre o que o poder do Altíssimo fez em sua vida. Relembrar a “Tarde da Promessa cumprida”, é trazer à memória, não o heroísmo do ser humano, mas a dependência do servo, que fez tudo, pelo poder de Deus

Quando pensamos na vida do pioneiro promessista, vivenciamos o que é dito nas Escrituras Sagradas: Lembrem-se dos seus líderes, os quais pregaram a palavra de Deus a vocês; e, considerando atentamente o fim da vida deles, imitem a fé que tiveram.” (Hebreus 13:7)

Para reforçar essas recomendações e manter essa história de avivamento,  assistia neste domingo, 22, a Live Especial 91 anos – Documentário “ROTA 32” comentado – Parte 2, que vai ao ar às 20h (horário de Brasília), na tv Viva Promessa. O link já está disponível, para você salvar e compartilhar, e na hora do programa reviver quando Deus cumpre suas promessas: 

 

Nesta segunda, 23, às 20h, a Live Especial – Essência envolve missão, será transmitida na tv Viva promessa, no youtube.com/promessistasbrasil 

Por: APC Jornalismo. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x