Skip to content

Você já meditou hoje?

Quando lemos o texto bíblico em oração, falamos com Deus e ouvimos Deus no seu livro. 

 

Meditar é unir a leitura da Palavra à oração. O momento de meditação une essas duas disciplinas espirituais. Quando lemos o texto bíblico em oração, falamos com Deus e ouvimos Deus no seu livro. 

Não é um monólogo, mas um diálogo, uma interação entre o infinito e o finito, entre o Deus transcendente e imanente; um enlevo da alma que se abstrai das alternâncias da vida e acalma-se nos braços do Pai, na linguagem do salmista: “Como uma criança desmamada nos braços de sua mãe, assim é a minha alma para contigo” (Sl 131.2). 

Isso requer concentração e silêncio. O Senhor Jesus nos dá o exemplo de uma vida de oração em comunhão profunda com o Pai, ouvindo-o e falando diretamente com ele. Lucas relata que “Jesus saiu para o monte a fim de orar, e passou a noite orando a Deus” (Lc 6.12). “Ao romper do dia, Jesus foi para um lugar solitário” (Lc 4.42). 

Meditar em oração é um caminho seguro para nosso conhecimento de Deus, para o autoconhecimento e conhecimento do nosso próximo. Essa forma de meditar é bíblica e verdadeira, porque é centrada em Deus, na experiência do Filho e na atuação do Espírito Santo.

 

Assista na TV:

 

Por: Ms. Durvalina B. Bezerra in Revista O Clarim, ed. 71,  p. 26.